Útimos Posts
Página Inicial / Estaduais / Vale promete acabar com todas as barragens como Brumadinho e Mariana

Vale promete acabar com todas as barragens como Brumadinho e Mariana

O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, disse na noite desta terça-feira (29) que a empresa se compromete a acabar com barragens como as de Mariana e Brumadinho (MG). O modelo a montante é mais barato e se rompeu nas duas tragédias.

A mineradora tem ainda dez barragens a montante, todas em Minas Gerais. Elas já estão inativas, porém têm operações da Vale em seu entorno.

Por isso, segundo a empresa, será necessário parar imediatamente as atividades próximas às minas que ainda têm barragens desse tipo.

O processo de desativação demorará de um a três anos, dependendo do caso. Segundo Schvartsman, o descomissionamento das barragens demandará um investimento de R$ 5 bilhões e, portanto, a mineradora já espera ter forte impacto financeiro.

“Os projetos estão prontos e serão enviados aos órgãos responsáveis nos próximos 45 dias. Após a concessão das licenças ambientes, iniciaremos imediatamente o processo para que todas sejam descomissionadas”, afirmou o presidente da Vale.

“É um esforço inédito de uma empresa de mineração no sentido de dar resposta cabal à altura da enorme tragédia que tivemos em Brumadinho”, disse Schvartsman.

A barragem a montante é erguida por meio de degraus, que ficam sobre os rejeitos de minério. Além dela, existem outros dois tipos de construção: a jusante e por linha de centro.

A primeira cresce na direção da corrente dos resíduos, formando uma espécie de pirâmide que segura a lama. Os alteamentos não são erguidos sobre resíduos, mas a partir do dique de partida. O método pode ser até três vezes mais caro do que aquele a montante e ocupa mais espaço.

Já a barragem por linha de centro é uma espécie de combinação dos dois tipos. Os degraus são erguidos uns por cima dos outros, seguindo uma linha de centro vertical. Alguns ficam acima dos resíduos, outros sobre o dique de partida.

Na tarde desta terça, o ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima, já havia afirmado que a Vale se comprometera com o governo de Minas Gerais a desativar as barragens críticas.

Há três anos, na tragédia de Mariana, foram 19 mortes após o rompimento da barragem da Samarco, controlada pela Vale e pela mineradora anglo-australiana BHP Billiton.

A de Brumadinho, da Vale, já soma 84 vítimas após cinco dias de buscas, além de 276 pessoas que seguem desaparecidas.

Pouco antes da tragédia mais recente, a Vale fechou a compra de uma empresa que elimina necessidade de barragens.

A New Steel, startup brasileira que desenvolve novas formas de mineração, é responsável pelo desenvolvimento de um processo de extração de ferro a seco.

Ela foi comprada por US$ 500 milhões ( R$ 1,9 bilhão) em negócio anunciado em dezembro e autorizado pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) no início de janeiro. A negociação foi iniciada há dois anos, um ano depois do desastre de Mariana.

Com Folhapress

Sobre admin

Veja também

POR QUE A TENSÃO ENTRE EUA E IRÃ NO ESTREITO DE ORMUZ PODE FAZER DISPARAR O PREÇO DO PETRÓLEO

A escalada de tensão entre Estados Unidos e Irã na região do Estreito de Ormuz …

UM MORTO EM BATIDA DE HELICÓPTERO NO TOPO DE UM PRÉDIO DE MANHATTAN

Um helicóptero fez uma aterrissagem brusca de emergência nesta segunda-feira no topo de um arranha-céu …

PF vê ataque orquestrado em invasão de hackers a celulares da Lava Jato

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A Polícia Federal suspeita que os ataques de hackers em celulares …

Messi lidera, e Neymar pula para 3º em lista de mais bem pagos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O argentino Lionel Messi, 31, é o atleta mais bem …

Há 25 anos, Brasil conquistava o titulo do Mundial Feminino de Basquete

Na semifinal o Brasil venceu de 110 a 107 contra os Estados Unidos, e a …

BRASIL VENCE IRLANDA E VAI À FINAL DO TORNEIO DE TOULON COM GOLS DE PAULINHO E MATHEUS CUNHA

O estrelado elenco sub-23 da seleção brasileira venceu a Irlanda por 2 a 0 nesta quarta, pela …

Tamiko acompanha revitalização de espaços públicos

A prefeita Tamiko Inoue esteve no Centro Social Urbano (CSU), acompanhando as ações da Secretaria …

Tamiko acompanha passo a passo de obras do PAC2

Andradina 100% pavimentada é um dos sonhos de toda a equipe do Governo Municipal, pois …

Educação oferece curso para Auxiliares de Desenvolvimento Infantil em Andradina

O Governo de Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Educação, iniciou nesta quarta-feira (12) …

Tamiko discute na Artesp acesso que levará desenvolvimento além da Rondon e Integração

A prefeita Tamiko Inoue realizou reunião, na tarde desta segunda-feira (10), na sede da Artesp …

STF deve julgar dia 25 suspeição de Moro pedida pela defesa de Lula

O argumento central da defesa é o fato de Moro ter aceitado, em novembro, o …

Ciclistas são destaque da Copa ABD e se preparam para etapa em Andradina

Atletas andradinenses mais uma vez foram destaque durante a terceira etapa da Copa ABD realizada …

Projeto Cine de Respeito levou entretenimento aos moradores do Assentamento do Timboré

Na noite da última sexta-feira (7), o Assentamento do Timboré recebeu o Cine de Respeito. …

Tamiko visita reforma na Praça do Teodoro

Andradina é uma cidade excepcionalmente arborizada, de ruas e avenidas largas e bem planejadas, com …

Brasil vai em busca da final do Torneio de Toulon nesta quarta-feira

A Seleção Brasileira segue firme e forte em busca do título do Torneio de Toulon. …

Porteiro registra boletim de ocorrência contra Najila por ameaças

O porteiro do prédio no qual vive a modelo Najila Trindade, que acusa Neymar de …

Gillette pede para que logomarca seja retirada do site de Neymar

Neymar, no meio de uma crise pessoal, ainda precisa resolver problemas com antigos parceiros comerciais. …

Brasil faz último amistoso hoje antes da estreia na Copa América

A seleção brasileira faz hoje (9) o seu último jogo amistoso antes da estreia contra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.