Tiroteio na cidade holandesa de Utrecht deixa um morto

Ao menos uma pessoa morreu durante um tiroteio em um bonde na cidade holandesa de Utrecht, informou a agência de notícias ANP. A polícia holandesa disse que várias pessoas foram baleadas em um bonde e que pode haver um “motivo terrorista” para a ação.

O atirador entrou no bonde por volta das 6h45 da manhã desta segunda-feira (18) – no horário de Brasília, às 10h no horário local da Holanda – e saiu atirando a esmo. A polícia holandesa trabalha, até o momento, com sete pessoas feridas e uma morta.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, disse que está “profundamente preocupado” e que reuniões emergenciais devem ser realizadas em reação ao incidente. A rádio holandesa disse que a segurança foi reforçada na sede do governo em Haia.

“Vários tiros foram disparados em um bonde e várias pessoas foram feridas. Helicópteros estão no local, e ninguém foi preso”, disse o porta-voz da polícia, Joost Lanshage.

A polícia não tinha maiores detalhes sobre os disparos e não soube informar a gravidade dos ferimentos. A identidade das vítimas tampouco é conhecida.

A emissora local RTV Utrecht citou uma testemunha que disse ter visto uma mulher caída no chão em meio a algum tipo de confronto. Vários homens fugiram do local, segundo ela.

A polícia de Utrecht disse que a praça 21 de Outubro, uma estação de bonde nos arredores do centro da cidade, foi isolada pelos serviços de emergência presentes no local.

Com informações das agências AFP e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.