Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Timão bate o SP no clássico; Vasco leva título contra o Flu

Timão bate o SP no clássico; Vasco leva título contra o Flu

Corinthians vence o São Paulo no clássico em Itaquera

Após ser eliminado na pré-Libertadores, o São Paulo continua sem vencer em Itaquera. Desta vez, em um jogo marcado por polêmicas de arbitragem, o Corinthians venceu por 2 a 1 e garantiu que o tabu avance para cinco anos.

O Timão abriu o placar no fim do primeiro tempo. Sornoza bateu escanteio na área e Manoel desviou para o gol. Volpi chegou a fazer a defesa, mas já estava dentro da meta. Porém, no lance que gerou o escanteio, Pedrinho resgatou uma bola que tinha saído pela linha de fundo, mas a arbitragem não viu.

No início do segundo tempo, o empate do São Paulo veio na mesma moeda. Em escanteio e com polêmica antes. Reinaldo bateu na área e Pablo apareceu no primeiro pau para marcar o gol de empate. No entanto, o escanteio aconteceu após Danilo Avelar sofrer falta não marcada de Antony e colocar a bola para fora.

Os donos da casa voltaram a liderar aos 27 da etapa complementar. Fágner deixou Hudson na saudade e cruzou. Volpi saiu mal em dividida com Love e a bola bateu na canela de Gustavo antes de entrar no gol.

O São Paulo chegou a empatar novamente, mas a arbitragem anulou o gol com razão. Arboleda aproveitou sobra e mandou para o gol. No entanto, a bola sobrou para o zagueiro após bater no braço de Gonzalo Carneiro.

Em jogo marcado pela confusão com a torcida, o Vasco bateu o Fluminense por 1 a 0 e levou o título da Taça Guanabara, garantindo uma vaga na semifinal do Campeonato Carioca.

A partida ficará mais marcada pelo que aconteceu nos bastidores do que no campo. Após uma briga entre os clubes pelo lado da torcida no Maracanã, a Justiça do Rio afirmou que a partida seria disputada com portões fechados.

Horas antes do jogo, após uma reunião com o Governo do Rio, o Vasco anunciou que o jogo seria com portões abertos, mas o Juizado Especial Criminal os manteve fechados.

O jogo começou com portões fechados e a Polícia começou a dispersar a torcida com bombas e gás lacrimogênio. Quando a confusão parecia ter terminado, os portões foram abertos aos 27 minutos do primeiro tempo e a torcida entrou.

Em campo, o Fluminense foi melhor e manteve a posse de bola, mas o único gol foi vascaíno. Marlon errou na saída de bola e fez falta em Rossi. Danilo Barcelos cobrou na área, a bola passou por todo mundo e entrou.

Em jogo morno em Araraquara, o Palmeiras contou com a estreia de Ricardo Goulart, mas não saiu do zero contra a Ferroviária.

O Verdão teve duas boas chances no primeiro tempo, as duas com seus zagueiros. Na primeira, Gustavo Gómez cabeceou rente a trave. Na segunda, Luan ganhou no alto, mas Tadeu fez a defesa.

A principal chance do Palmeiras no segundo tempo veio aos 17 minutos. Goulart escorou para Borja e o colombiano chutou no canto, mas o goleiro Tadeu foi buscar.

Em jogo atrasado por causa da forte chuva em Belo Horizonte, América e Cruzeiro ficaram no 0 a 0, permitindo que o Atlético assumisse a liderança do Campeonato Mineiro após vencer o Tupi no sábado.

Com um gramado encharcado após a chuva forte, nenhum dos times conseguiu fazer muito e o placar foi merecido.

Mistão do Grêmio empata contra o Brasil de Pelotas

Com time misto e sem Renato Gaúcho no banco, o Grêmio ficou no 0 a 0 fora de casa contra o Brasil de Pelotas.

O Tricolor até criou bastante durante a partida, mas parou em uma ótima atuação do goleiro Carlos Eduardo, que fez quatro belas defesas para segurar o ímpeto gremista.

Fonte.: Gazeta Press

Sobre admin

Veja também

Temer é ‘chefe da organização criminosa’, dizem Justiça Federal e MPF

O ex-presidente Michel Temer, preso preventivamente nesta quinta-feira pela força-tarefa da operação Lava Jato, foi apontado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *