Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Tereza Cristina diz que Bolsonaro não vai admitir invasões

Tereza Cristina diz que Bolsonaro não vai admitir invasões

“Teremos segurança jurídica para trabalhar” declarou a deputada

Em coletiva a imprensa na manhã desta sexta-feira (9) na sede da Famasul, a deputada reeleita nomeada para ser ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM) disse que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) não vai admitir, de espécie alguma, invasão de terras. “Teremos segurança jurídica para trabalhar e produzir, sem-terra, indígena ou qualquer outro tipo de invasão a propriedade privada ele não vai titubiar. Ele disse também que a minha missão é dobrar a produção do que já produzimos”, declarou Tereza.

A futura ministra disse também que tem certeza de que conseguirá cumprir sua missão se os produtores tiverem condições para produzirem mais. “Precisamos ter logística, melhorar as estradas, rodovias e ferrovias. Precisamos de infraestrutura para conseguir preços”, acrescentou.

Na ocasião, Tereza Cristina disse que como produtora rural, ouvir que produtores dedicados a preservação do meio ambiente poderiam ser beneficiados e incentivados pela prática, “é música para os ouvidos”, pois a maioria se esforça, mas não recebe nada em troca. “Isso que precisamos buscar, essa remuneração para quem preserva dentro da lei e com esse incentivo teremos muitas áreas de preservação”, defendeu a futura ministra.

O presidente eleito também já adiantou que quer acabar com estoques de multas. Sobre esse assunto, a futura ministra declarou que realmente existe uma injustiça, em que produtores vivem suposta perseguição. “Quando você olha outros setores mais poluidores e que são menos sustentáveis do que a agropecuária, você vê que as multas são muito pequenas em relação ao que hoje tem”, comparou. 

Sobre as declarações em que Bolsonaro propôs a fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente, Tereza Cristina disse que devido a má aceitação “lá fora”, o presidente eleito desistiu, por enquanto, da ideia. “O modelo está se desenvolvendo ainda, é como a lei dos agrotóxicos, que vocês não gostam, é modernização e facilitação”, declarou.

Na ocasião, a deputada foi indagada sobre a prisão do ex-ministro da Agricultura Antonio Andrade. Tereza disse que não poderia declarar nenhuma opinião porque não sabe dos detalhes e que as prisões estão acontecendo e não são de hoje. “Se precisar ser (preso), vai ser”, finalizou.

Fonte.: Correio do Estado

Sobre admin

Veja também

Secretaria de Promoção e Assistência Social abre inscrição para o Programa Especial de Auxílio e Capacitação

O Governo de Andradina, por meio da Secretaria de Promoção e Assistência Social, informa que …

PSG garante que Mbappé continuará no clube na próxima temporada

O clube francês divulgou uma nota em suas redes sociais para garantir que o atacante …

Morre o tricampeão de F1 Niki Lauda

O piloto foi um dos maiores astros da F1! Oaustríaco Niki Lauda, tricampeão de Fórmula …

Quando a polícia mata, a Justiça não serve para nada

É com naturalidade que tratamos as notícias sobre mortes causadas pela polícia: ao lado da …

‘MARCHA DO SILÊNCIO’ POR DESAPARECIDOS OCUPA RUAS DE MONTEVIDÉU

Uma maré humana inundou o centro de Montevidéu na noite desta segunda-feira para exigir informações …

Macaé recebe o Projeto Cine de Respeito

Desde que foi criado o cinema tem um encanto, uma magia na vida das pessoas. …

Obras no GIME entram em reta final em Andradina

Na manhã desta segunda-feira (20), a prefeita Tamiko Inoue percorreu as principais obras em execução …

Chacina deixa ao menos 11 mortos em Belém, no Pará

O governo do Estado deve fazer uma entrevista coletiva ainda neste domingo para dar mais …

Juiz morre após sofrer mau súbito em jogo disputado na altitude da Bolívia

Domingo de tragédia para o futebol. Durante o jogo entre Always Ready e Oriente Petrolero, …

Barragem ‘bomba-relógio’ faz população de Barão de Cocais (MG) arrumar malas

“A gente está apreensivo, aguardando o momento”, diz a professora Lourdes Reis, 56. Assim como …

Deontay Wilder nocauteia no 1º round, mantém cinturão da WBC e pede por superlutas

Grande nome da renovação do pugilismo americano, o peso-pesado Deontay Wilder voltou a dar show …

Campanha de vacinação contra a gripe atinge 54,73% do público-alvo em Andradina

Ao todo 6.837 pessoas já tomaram a vacina contra a gripe em Andradina. Esse número …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *