Página Inicial / Andradina / Região / Tamiko assina contrato para reforma do Ginásio Municipal

Tamiko assina contrato para reforma do Ginásio Municipal

A prefeita Tamiko Inoue assinou, na tarde desta sexta-feira (30), o contrato para a reforma do Ginásio Municipal “Agenor Francisco da Cunha”, o Gime.

A empresa vencedora do processo licitatório é a CGPM Engenharia e Construções Ltda., que esteve representada por Miguel Hissashi Serizawa e Vitor Miguel Serizawa.

O projeto que será acompanhado pela equipe da Secretaria de Obras, que tem à frente o engenheiro Ernaldo Calvoso, terá o prazo de três meses de execução, após a ordem de serviço.

O contrato para obra é de R$ 465.020,11 (quatrocentos e sessenta e cinco mil e vinte reais e onze centavos). Do montante R$ 253.500,00 (duzentos e cinquenta e três mil e quinhentos) é de repasse do Governo Federal por meio do deputado federal Orlando Silva (PcdoB) com uma contrapartida do Governo de Andradina de R$ 211.520,11 (duzentos e onze mil, quinhentos e vinte reais e onze centavos). O convênio é com o Ministério dos Esportes pelo “Programa Esporte e Grandes Eventos Esportivos”.

As obras abrangem a reforma da quadra, das estruturas metálicas, das escadas e arquibancadas entre outros itens. “Além do conforto aos torcedores, a nova quadra estará em tamanho oficial para competições esportivas no Estado”, comentou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Manoel Messias de Almeida, destacando que Andradina vive um novo momento esportivo com a realização da Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro, devido ao sucesso de competições como os Jogos Regionais e Jogos dos Idosos.

Participaram ainda do ato, o secretário adjunto de Obras, Guilherme Henrique Alves, as engenheira Wiliana Saleme e Dayane Ferreira de Oliveira, e o gestor de contratos, Paulo Henrique Bernadoni Caldas.

Fonte.: Secom Prefeitura de Andradina

Sobre admin

Veja também

Max Holloway atropela Brian Ortega e mantém cinturão dos galos do UFC

Grande atração do UF 231, o combate entre Max Holloway e Brian Ortega valia o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *