Página Inicial / Esportes / Nova seleção alemã de Löw empata em amistoso com a Sérvia

Nova seleção alemã de Löw empata em amistoso com a Sérvia

Um gol de Leon Goretzka na segunda etapa evitou a derrota da nova seleção alemã de Joachim Löw em um amistoso contra a Sérvia, nesta quarta-feira em Wolfsburgo.

O empate em 1 a 1 deixa em aberto algumas perguntas: quando e como a Mannschaft vai se encontrar após a ausência de algumas estrelas do Bayern de Munique?

As primeiras respostas vão chegar no domingo, quando a Alemanha iniciar sua campanha nas eliminatórias para a Eurocopa-2020 com um difícil duelo em Amsterdã, contra a Holanda.

Mas nesta quarta-feira na Volkswagen Arena de Wolfsburgo, muitos esperavam um passo em falso de Joachim Löw, depois de sua decisão inesperada de dispensar os três campeões do mundo de 2014, que jogam no Bayern: Thomas Müller, Mats Hummels e Jérôme Boateng.

“Quando se tomam decisões como essas, se assume também um certo risco”, havia reconhecido o técnico, “mas estou disposto a assumir esse risco. É preciso aceitar a ideia de que pode haver reveses”.

Tony Kroos descansou visando o jogo de domingo e o goleiro Manuel Neuer era o único alemão com mais de 30 anos no início da partida. E entre os jogadores em campo, apenas dois (Marcel Halstenberg e Ilkay Gündogan) tinham mais de 24 anos.

Esta equipe alemã sem um verdadeiro líder começou a partida bem: organizada atrás, séria, prudente, mas sem um grande ritmo e sem assumir riscos ofensivos.

E em um escanteio, o jovem atacante sérvio do Eintracht Frankfurt, Luka Jovic, atual vice-artilheiro da Bundesliga (com 15 gols), abriu o marcador aos 12 minutos para sua seleção, de cabeça, após uma vacilo dos alemães Joshua Kimmich e Lukas Klostermann.

– Pavkov expulso –

A Alemanha teve algumas chances em seguida. Mas Timo Werner não conseguiu marcar duas vezes diante do goleiro sérvio Marko Dmitrovic. A Mannschaft foi para o intervalo sob vaias da Volkswagen Arena de Wolfsburgo.

As entradas de Marco Reus, o homem forte do Borussia Dortmund, e depois de Leon Goretzka, deram uma nova cara à Alemanha. Após várias chances perdidas (Reus, Leroy Sané, Gündogan), Goretzka, após um passe de Reus, marcou aos 24 minutos do segundo tempo com um belo disparo a 16 metros de distância (1-1).

A Mannschaft manteve a pressão após o gol. Sané, que fez uma grande partida no ataque, perdeu em três oportunidades o gol da vitória (73, 75, 84), assim como Reus (75).

Nos acréscimos, o sérvio Milan Pavkov foi expulso após uma falta em Leroy Sané (90+3).

No domingo contra a Holanda, Toni Kroos voltaria à equipe e Reus começaria como titular, diante de uma equipe que foi melhor na recente fase de classificação à Liga das Nações (3-0 e 2-2).

Fonte.: AFP

Sobre admin

Veja também

Daniel Alves marca, mas PSG leva virada do Nantes e tem título adiado outra vez

Pela terceira vez, equipe de Paris tem a chance de ser campeã com apenas uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *