Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Mudança no UFC 232 acaba com sonho de carro para noiva de Amanda; entenda

Mudança no UFC 232 acaba com sonho de carro para noiva de Amanda; entenda

Após Cris ‘Cyborg’ revelar decepção pela mudança de local do UFC 232 — anunciada nesse domingo (23) pela organização — , agora foi a vez de Amanda Nunes emitir o seu descontentamento com a alteração, já que, de acordo com a brasileira, isso pesará em seu bolso.

Através das redes sociais, a campeã peso-galo (61 kg) do Ultimate lamentou ter que pagar mais impostos na Califórnia (EUA) do que em Las Vegas. E, com a troca de sede, sobrou para a noiva da ‘Leoa’, Nina Ansaroff.

Em seu perfil no Twitter (veja abaixo ou clique aqui), Amanda escreveu: “Bem, não esperava pagar as taxas de imposto cobradas na Califórnia nesta temporada de férias”.

No evento de número 232 do Ultimate, Nunes disputará o cinturão dos penas (66 kg) contra a compatriota Cris ‘Cyborg’, na penúltima luta da noite. E foi por causa de Jon Jones, um dos protagonistas do combate principal, que o local de realização do show teve que ser modificado.

‘Bones’ novamente teve detectado em seu organismo resíduos do esteroide turinabol em exame antidoping. Deste modo, a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) não permitiu que o meio-pesado (93 kg) atuasse em Las Vegas, pois a entidade alegou que não teria tempo suficiente para investigar o resultado dos testes até a data agendada.

Assim, para a decepção de Amanda, o UFC 232 foi transferido para a Califórnia, onde a comissão local havia aprovado a autorização para Jones lutar, já que o órgão julgou o atleta recentemente pelo uso da mesma substância em 2017.

Toda a confusão acabou prejudicando o planejamento do casal Amanda e Nina Ansaroff. A americana, também lutadora do Ultimate — mas na categoria peso-palha (52 kg) —, lastimou a alteração.

Segundo ela, a mordida fiscal no pagamento de Nunes vai impedi-la de comprar um novo automóvel. “Lá se vai meu carro novo”, lamentou (veja abaixo ou clique aqui). Amanda, então, respondeu: “Desculpe, amor”.

Aos 30 anos, a campeã dos galos não sabe o que é sair derrotada do octógono desde 2014, quando foi superada por Cat Zingano. Desde então, a baiana acumulou sete vitórias consecutivas no Ultimate.

Já ao longo da carreira profissional como atleta de MMA, ela somou 16 triunfos e apenas quatro reveses

Fonte.: AgFight.

Sobre admin

Veja também

Fundo Social de Andradina participa do Leilo Fest

O Fundo Social de Solidariedade do Governo de Andradina participou no último domingo (14) do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *