Útimos Posts
Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Morte de 9 jovens em Paraisópolis ocorreu após um mês de ameaças da PM

Morte de 9 jovens em Paraisópolis ocorreu após um mês de ameaças da PM

ação da Polícia Militar que terminou com nove jovens mortos na madrugada deste domingo (1/12) na favela de Paraisópolis, na zona sul da cidade de São Paulo, deixou os moradores chocados, mas não chegou a ser uma surpresa. Conforme relatos de mais de uma dezena de moradores ouvidos pela Ponte, as mortes ocorreram após um mês em que policiais militares fizeram ameaças diárias aos habitantes da favela, por conta da morte do sargento da PM Ronald Ruas Silva, ocorrida em 1º de novembro de 2019.

Ruas, de 52 anos, morreu após ser baleado na barriga durante uma troca de tiros na avenida Professor Alcebíades Delamare, nas imediações de Paraisópolis.

No dia seguinte, sem mencionar a morte do sargento, o comandante geral da PM, coronel Marcelo Vieira Salles, postou nas redes sociais que a comunidade seria alvo de “uma Operação Saturação”, como são chamadas ações com a presença massiva de policiais.

No comunicado, Salles dizia que “centenas de policiais militares” de diferentes unidades intensificariam o policiamento no bairro, “sem previsão de término”.

Desde então, as operações da PM no local passaram a ser diárias, com bloqueios de ruas, revistas de pessoas, entradas em casas e comércios, além de ameaças. “Vamos tocar o terror em Paraisópolis” passou a ser um refrão usado por muitos deles, segundo falas dos moradores.

O músico Marcos Forlan, o MC Sacana, conta que foi abordado por dois policiais, há duas semanas, quando entrava num supermercado de camiseta e chinelo. “Eles perguntaram o que eu fazia e eu fui falando. Quando eu falei que era ator e MC, eles já me ameaçaram naquele tom: ‘MC também morre de vez em quando’”, conta.

Segundo o músico, os policiais deixavam claro que sua atitude era uma vingança contra a favela por causa da morte do colega. “A polícia é assim: quando morre um policial, a polícia toda para para resolver isso, mas quando morre um favelado, nem liga.”

A reportagem da Ponte esteve em Paraisópolis em 10 de novembro e ouviu diversos relatos de ameaças e agressões feitas por policiais. Um morador entregou um vídeo de uma das abordagens feitas neste período, que mostra pelo menos quatro PMs agredindo uma pessoa em plena rua até serem contidos por um oficial.

As operações violentas da Polícia Militar fazem parte da história de Paraisópolis, segunda maior favela da capital paulista, geralmente como um “revide” por conta de alguma violência praticada contra a corporação.

Em 2009, após três policiais terem sido baleados num tumulto, a PM deu início a uma Operação Saturação que durou 82 dias e deixou relatos de práticas de tortura feitas até em crianças e idosos, segundo O Estado de S.Paulo.

Quando a PM Juliane dos Santos Duarte foi sequestrada, torturada e morta por membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), em agosto de 2018, policiais também foram denunciados por abusos, inclusive o de “apontar uma arma para a cabeça de uma menina negra” sem justificativa, segundo a União dos Moradores da Favela do Jardim Colombo.

A violência nas operações contra os bailes funk também é constante. A Ponte relatou em duas ocasiões a história da estudante Dayane de Oliveira, que, em janeiro de 2013, aos 17 anos, perdeu um olho ao ser atingido por um estilhaço de bomba, lançado pela PM durante uma operação contra os pancadões do bairro. Sem amparo do Estado e vítima de depressão por conta da perda do olho, Dayane tornou-se moradora de rua.

Outro lado

Procurada, a PM afirma que “faz rondas diárias na região da ocorrência para aumentar a sensação de segurança da população e como medida de prevenção às práticas criminosas” e que “a Corregedoria da Polícia Militar está à disposição para receber denúncias em caso de atuação imprópria dos policiais militares”.

Em coletiva de imprensa neste domingo, o porta-voz da PM Emerson Massera negou que a ação policial que terminou com a morte de nove jovens pisoteados tenha relação com operações anteriores.

Segundo o porta-voz, quatro policiais da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) estavam em patrulhamento pela área e abordaram dois homens numa motocicleta, que teriam atirado contra eles.

Os homens teriam entrado atirando no baile funk, segundo a versão policial, e provocado o pânico que levou às mortes. Já moradores dizem que foram encurralados pelas bombas da polícia nas vielas de Paraisópolis.

Fonte.: Ponte Jornalismo 

Sobre admin

Veja também

Fundo Social recebe doação de alimentos do Cursinho Diferencial

O Governo de Andradina por meio da Secretaria de Educação realizou a entrega de aproximadamente …

Gatos machos podem ser castrados pelo setor de Zoonoses de Andradina

A Unidade de Vigilância de Zoonoses da Secretaria de Saúde e Higiene Pública do Governo …

Tamiko anuncia doação de terreno para Apaar

A prefeita Tamiko Inoue realizou reunião, na tarde desta segunda-feira (17), com membros da Associação …

Pré-Carnaval em SP tem baleados e 413 pessoas detidas

Cinco pessoas foram baleadas em um bloco na região da zona sul da cidade Entre …

Ministros do STF são avisados que são alvos de possíveis ataques terroristas

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, encaminhou aos demais da corte um …

Palmeiras vira sobre o Mirassol e inaugura grama sintética com vitória por 3 a 1

Bola ficou mais rápida e alguns passes saíram errados nos primeiros minutos O Palmeiras começou …

Número de casos de coronavírus em navio no Japão chega a 355

O ministro atualizou os números num programa da televisão pública japonesa O ministro da Saúde …

Gaúcho: Grêmio vence Internacional e está na final

Em um jogo muito parelho, o tricolor só conseguiu definir a classificação aos 46 minutos …

Flamengo conquistou a Supertaça, mas o Brasil fala da atitude de Jesus

Depois de vencer o terceiro galardão ao serviço do Flamengo, o treinador português decidiu primeiramente …

Após repercussão mundial, Pelé acalma fãs sobre quadro depressivo

Atleta do Século, Pelé tranquilizou os seus admiradores através de uma nota oficial divulgada por …

Novas tragédias, as mesmas vítimas: como as chuvas escancaram o racismo e a injustiça ambiental

Vencedor do Prêmio Jabuti de 2001 pelo livro “O Desafio metropolitano”, o geógrafo e professor …

Não jogue fora as cascas da banana, laranja e limão

A casca dos frutos tem mais utilidade do que você imagina! Confira as dicas e …

Dia D de vacinação do sarampo acontece neste sábado na Vila Mineira e Benfica

O Governo de Andradina por meio da Secretaria de Saúde realiza neste sábado (15) o …

Tamiko dá posse aos novos professores concursados em Andradina

Na tarde desta sexta-feira (14) a prefeita Tamiko Inoue deu posse a mais quatro professores …

Tamiko garante vinda de recurso para galeria pluvial no Comitê do Baixo Tietê

A prefeita Tamiko Inoue participou, nesta sexta-feira (14), de assembleia geral ordinária do Comitê da Bacia …

Bolsonaro confirma Onyx na Cidadania e general Braga Netto na Casa Civil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou na tarde desta quinta-feira (13) a saída de Onyx Lorenzoni da Casa …

Educação de Andradina orienta que crianças a partir de 4 anos devem ser matriculadas na escola

O Governo de Andradina através da Secretaria de Educação alerta que crianças a partir de …

Papa rejeita proposta para permitir ordenação de homens casados

O Papa Francisco recusou na quarta-feira (12) a ideia de abrir uma exceção para permitir …

Corinthians cai em Itaquera pela 4ª vez e é eliminado da Libertadores

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Corinthians está eliminado da Copa Libertadores pela quarta vez …

Messi pede o retorno de Neymar, e Barcelona deve vender jogadores para trazê-lo, diz jornal

Lionel Messi ainda não renovou contrato com o Barcelona, mas já teria imposto uma condição …

Onyx Lorenzoni vai deixar comando da Casa Civil

Onyx Lorenzoni não será mais ministro-chefe da Casa Civil. O general Walter Braga Netto, que …

Ronaldo Fenômeno e a mágoa com o Barcelona: “eu queria ter continuado”

Ronaldo “Fênomeno” foi ídolo em todos os clubes que defendeu. Com grandes passagens por Barcelona, …

Começam as oitavas de finais do Futsal de Férias

Começa nesta terça-feira (11), as oitavas de finais do campeonato de Futsal de Férias da …

Em boas vindas a alunos Tamiko enaltece turismo como profissão do futuro

A prefeita Tamiko Inoue participou, na noite desta segunda-feira (10), da primeira aula do novo …

15h de alagamentos, resgate em trator e gabinete de crise: São Paulo vive caos devido às chuvas

A gestão Bruno Covas (PSDB) afirmou que decidiu manter rodízio suspenso durante esta terça-feira (11). A medida é uma …

Bill Gates compra iate movido a hidrogênio por US$ 644 milhões

De acordo com a BBC, que entrou em contato com a empresa fabricante do mega …

ANDRADINA DEBATE COM ITESP SOBRE MELHORIA DE LEITE

Tamiko debate com Itesp melhoria genética para produção de leite da agricultura familiar A prefeita …

Militar mata ao menos 20 pessoas em ataque a tiros na Tailândia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um militar matou ao menos 20 pessoas a tiros na …

Em 3h, São Paulo tem 50% das chuvas esperadas para o mês inteiro; um homem morreu

A cidade de São Paulo recebeu em três horas de chuva cerca de metade do …

Corinthians bate Palmeiras em clássico no Brasileiro Feminino

Confiando na base que ganhou praticamente tudo em 2019 – campeão paulista e da Copa …

Com três assistências de Messi, Barcelona derrota o Betis de virada

O astro argentino, artilheiro da competição, não fez nenhum gol neste domingo, mas deu três …

Seleção brasileira domina Argentina e se classifica para a Olimpíada

Seleção brasileira domina Argentina e se classifica para a Olimpíada SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – …

Projeto + Saúde leva qualidade de vida a população de Andradina

O Governo de Andradina vem levando qualidade de vida e atividades saudáveis a população através do Projeto …