Ex-campeão do UFC, Luke Rockhold é nocauteado em estreia em nova categoria

Ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) do UFC, Luke Rockhold estreou na divisão dos meio-pesados (93 kg) neste sábado (6) e claramente sentiu o peso por não competir desde fevereiro de 2018.

Mais lento do que de costume, o americano gastou suas energias com chutes altos e clinches no assalto inicial e acabou superado por Jan Błachowicz.

Mais calmo, o atleta polonês conteve o ritmo do oponente e aproveitou para conectar golpes nas falhas do ex-campeão. Na etapa inicial, um chute alto o levou a knockdown no segundo final. Na etapa seguinte, um direto de esquerda deixou Rockhold sem defesa e praticamente desacordado no tablado.

Hall da Fama em ação

Introduzido ao seleto grupo do Hall da Fama do UFC na categoria “Lutas” na última sexta-feira (5) – referente a um duelo realizado contra Clay Guida em 2009 -, Diego Sanchez entrou no octógono como franco azarão diante de Michael Chiesa e, embora o resultado tenha confirmado a expectativa, seu desempenho comprovou sua fama de ídolo do esporte.

Atrás em todos os rounds, Sanchez foi quedado e golpeado a todo momento durante o confronto. No entanto, especialista em jiu-jitsu, o veterano campeão do primeiro TUF não se abateu e defendeu todas as tentativas de finalização do rival, voltando o combate em pé a toda oportunidade.

Ao fim dos três assaltos, a derrota por decisão unânime pouco importou para a torcida, que enalteceu o desempenho e raça de Sanchez, digna de um Hall da Fama.

Acompanhe os resultados do UFC 239:

Jan Błachowicz nocauteou Luke Rockhold no 2º round;
Michael Chiesa venceu Diego Sanchez por decisão unânime;
Arnold Allen venceu Gilbert Melendez por decisão unânime;
Marlon Vera finalizou Nohelin Hernandez no 2º round;
Cláudia Gadelha venceu Randa Markos por decisão unânime;

Yadong Song nocauteou Alejandro Pérez no 1º round;
Edmen Shahbazyan finalizou Jack Marshman no 1º round;
Chance Rencountre venceu Ismail Naurdiev por decisão unânime;
Julia Avila venceu Pannie Kianzad por decisão unânime.

Fonte.: Yahoo Esportes