Página Inicial / Caso de Polícia / Defesa de agressor de paisagista alega ‘problemas psicológicos’

Defesa de agressor de paisagista alega ‘problemas psicológicos’

A defesa de Vinicius Batista Serra, de 27 anos, preso por espancar durante quatro horas a paisagista Elaine Peres Caparroz, 55, apresentou na audiência de custódia documentos médicos de 2016 na tentativa de atestar que o réu sofre de problemas psicológicos. O juiz Alex Quaresma Ravache, porém, afirmou que os documentos “não são suficientes”.

As informações são do Jornal Extra.

Em sua decisão, o magistrado afirma que não viu justificativa para internação provisória de Vinicius. O Código Penal prevê a possibilidade desse tipo de decisão caso a perícia comprove que o réu era inimputável ou semi-imputável. Ou seja, que no momento do crime de violência ou grave ameaça, ele era “incapaz de entender o caráter ilícito do fato”.

ENTENDA O CASO

A empresária e paisagista Elaine Caparróz, segundo o Extra, foi encontrada desacordada por policiais militares dentro do próprio apartamento após vizinhos ouvirem gritos de socorro e chamarem o zelador.

A vítima contou que conversou com Vinícius  durante 8 meses até marcarem um encontro: um jantar no apartamento dela. Os dois dormiram e, segundo Elaine, ela acordou com socos desferidos por Vinícius, que ainda tentou dar uma “gravata” nela.

Durante as agressões, ela levou, ainda, uma mordida no braço. Com o rosto desfigurado e hematomas pelo corpo, Elaine foi levada em estado grave no Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e, em seguida, transferida para uma unidade particular.

O irmão de Elaine, Rogério Peres, afirmou que ela teve o nariz fraturado, maxilar e dentes quebrados. À polícia, o agressor disse que tomou vinho, dormiu e acordou em surto psicótico.

O delegado-adjunto Rodrigo Freitas de Oliveira, da 16ª DP, onde o boletim de ocorrência foi registrado, afirmou que, pela gravidade das agressões e pela desproporcionalidade física, Vinícius tentou matar Elaine.

Ele vai responder por tentativa de feminicídio.

No pedido de prisão preventiva, o delegado afirma que Vinícius é perigoso e que precisa ficar preso por representar ameaça. Ele foi transferido para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica.

Fonte.: Jornal Extra

 

Sobre admin

Veja também

Wilder vai defender título dos pesos pesados contra Breazeale

O americano Deontay Wilder anunciou nesta terça-feira que vai defender sua coroa dos pesos pesados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *