Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Correria após lançamento de bomba deixa 17 mortos em clube de Caracas

Correria após lançamento de bomba deixa 17 mortos em clube de Caracas

Dezessete pessoas morreram, oito delas menores de idade, após o lançamento de uma bomba de gás lacrimogêneo em um clube no oeste de Caracas durante uma briga em uma festa na madrugada deste sábado (16) – confirmou o ministro do Interior e da Justiça, Néstor Reverol.

“Uma briga começou na madrugada, e uma das pessoas envolvidas lançou um artefato com gás lacrimogêneo, o que provocou confusão entre as mais de 500 pessoas que estavam no clube”, informou Reverol na televisão estatal VTV.

Na confusão, 17 pessoas morreram, e cinco ficaram feridas, indicou a mesma fonte, apontando que sete pessoas foram presas, duas delas menores de idade, pelo incidente.

A pessoa encarregada do estabelecimento também foi presa por descumprir “as medidas que deveriam ter sido adotadas (…) para impedir a entrada de armas de fogo e munição” em locais públicos, acrescentou Reverol.

O incidente aconteceu durante uma festa para celebrar a formatura de jovens do Ensino Médio no clube conhecido como Los Cotorros, em El Paraíso.

A boate, onde de dia funciona o restaurante El Paraíso, um emblemático ponto de encontro para a comunidade de imigrantes do Equador em Caracas, foi fechado pelas autoridades após o episódio.

As mortes foram devido a sufocamento e a lesões múltiplas, de acordo com relatórios oficiais. Os feridos foram levados para o Hospital Pérez Carreño, situado na região onde aconteceu a tragédia. O ministro Reverol disse que um deles se encontra em estado crítico.

Kleiver Barrios, de 17 anos, foi uma das vítimas mortais.

“Ele levou minha identidade, escondido. Coisa de garoto, mas… É terrível! Como um garoto, em uma festa, vai ter uma bomba de gás lacrimogêneo?”, desabafou Luis, pai do rapaz, em entrevista à AFP no necrotério de Bello Monte, no sul de Caracas.

Daqui a um ano, Kleiver se formaria no colégio. Ele trabalhava com o pai no açougue da família.

Fonte.: AFP

Sobre admin

Veja também

Arábia Saudita diz que oleoduto no país foi atacado por drones

Khalid al-Falih disse que duas estações de petróleo foram atingidas nos ataques AArábia Saudita anunciou …

Ator de ‘Thor’ se joga de ponte e morre atropelado nos EUA

Isaac Kappy ficou conhecido por sua participação na série ‘Breaking Bad’ Nesta terça-feira (14), morreu …

‘Idiotas úteis, imbecis’, diz Bolsonaro sobre grevistas

Nos Estados Unidos, onde vai ser homenageado em Dallas, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) comentou …

Governo de Andradina inicia preparativos para o Dia do Desafio

O Governo de Andradina começou os preparativos para o Dia do Desafio que este ano …

STJ manda soltar Temer e coronel Lima e troca prisão por medidas cautelares

Por 4 a 0, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou nesta …

Governo de Andradina realiza capacitação regional do Programa Município Verde Azul

O Governo de Andradina por meio da Secretaria de Meio Ambiente acompanhada do Ciensp (Consórcio …

Tamiko recebe diretora da regional da Drads de Araçatuba

Na manhã desta terça-feira (14), a prefeita Tamiko Inoue recebeu em seu gabinete a diretora  …

Alerta de tsunami na Papua-Nova Guiné após terremoto de 7,7

Centro de Alerta emitiu uma ameaça de tsunami nesta terça-feira (14) Nesta terça-feira (14), um …

Serviços secretos invadem Assembleia Nacional e gabinete de Guaidó

Foram arrombadas as gavetas da presidência e vice-presidência Forças da segurança da Venezuela, incluindo do …

Governo de Andradina capacita profissionais da rede de proteção social da criança e adolescente

A Secretaria de Promoção e Assistência Social do Governo de Andradina em parceria com o …

Anistia pede que Tribunal de Haia investigue crimes contra humanidade na Venezuela

As práticas de repressão contra a população civil executadas pelo governo venezuelano podem constituir crimes …

Radiografia do Sebin, o temido serviço de inteligência de Venezuela

Classificado pelas organizações dos direitos humanos como “instrumento de perseguição política”, o serviço de inteligência …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *