Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Azeredo se entrega e é o primeiro preso do mensalão tucano

Azeredo se entrega e é o primeiro preso do mensalão tucano

O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB), 69, se entregou à Polícia Civil nesta quinta-feira (23), para iniciar o cumprimento de pena de 20 anos e 1 mês de prisão por peculato (desvio de dinheiro público) e lavagem de dinheiro. É o primeiro acusado no chamado mensalão tucano a ser preso. 

A prisão ocorre 20 anos após os fatos que motivaram as acusações e 11 anos após a denúncia. 

Azeredo, que teve o mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça nesta terça (22), era considerado foragido e policiais passaram o dia em busca do tucano nas ruas de Belo Horizonte. 

Ele se entregou às 14h50, na 1ª Delegacia Distrital de Belo Horizonte. 

Azeredo perdeu todos os recursos na corte, inclusive os embargos de declaração julgados nesta terça -considerado o último recurso possível antes da prisão.

A defesa ainda aguarda decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre pedidos de habeas corpus. O tucano sempre negou que tenha qualquer participação em irregularidades.

O mensalão tucano é considerado o embrião do esquema de mesmo nome relacionado ao PT e, segundo o Ministério Público, aconteceu durante a fracassada campanha de reeleição de Azeredo ao governo mineiro.

Em 2007, a Procuradoria-Geral da República denunciou ao STF (Supremo Tribunal Federal) 15 pessoas por um esquema de desvio de recursos estatais e empréstimos fictícios que abasteceu a campanha de Azeredo.

Além dele, se tornaram réus o publicitário Marcos Valério, que foi condenado por operar o mensalão petista, e seus sócios, o ex-senador Clésio Andrade, entre outras pessoas.

José Afonso Bicalho, então presidente do Bemge (o extinto banco estatal de Minas) e atual secretário da Fazenda do governo de Minas Gerais, comandado por Fernando Pimentel (PT), também é réu. Todos eles negam ter cometido crimes.

TRAJETÓRIA

Nascido em setembro de 1948 em Sete Lagoas (MG), Azeredo foi vice-prefeito (1989-1990) e prefeito da capital mineira (1990-1992) e se elegeu ao governo em 1995, com o empresário Walfrido dos Mares Guia como vice –que também foi denunciado no esquema do mensalão tucano, mas suas acusações prescreveram.

Na sua campanha à reeleição, quando promotores e procuradores dizem que houve o esquema de desvios, Clésio foi o candidato a vice. A chapa perdeu para o candidato Itamar Franco (MDB). 

Em 2003, Azeredo tomou posse no Senado, onde ficou até o fim do mandato. Foi presidente nacional do PSDB de janeiro a outubro de 2005, quando o esquema do mensalão tucano foi desvelado e ele deixou o cargo.

Em 2010, foi eleito deputado federal, cargo que renunciou em 2014, ao se tornar réu no STF. Clésio Andrade, então senador, também renunciou. Com a perda do foro especial, o processo voltou à primeira instância, na Justiça estadual de Minas.

Em Belo Horizonte, passou a prestar consultoria para a Fiemg (Federação das Indústrias de Minas Gerais) com um salário de R$ 25 mil ao mês.

A primeira condenação de Azeredo veio em dezembro de 2015, quando foi condenado pela juíza da 9ª Vara Criminal Melissa Pinheiro Costa Lage a 20 anos e 10 meses de prisão. Recorreu da decisão, em liberdade.

À época, disse à Folha que a magistrada “praticamente copiou” a acusação feita pela Procuradoria-Geral da República desde 2007, usando como provas documentos que, segundo ele, são falsificados.

Azeredo afirmou que não era responsável pelas despesas da campanha e que não pode ser responsável por ações de terceiros.

“Eu não posso me responsabilizar por atos de setores que tinham autonomia financeira”, afirma.

Também questiona o acúmulo de penas para que a sentença chegasse aos 20 anos de prisão. “Ela multiplicou a pena porque eram várias cotas de patrocínio, só que nenhuma dessas cotas foram assinadas por mim. É isso. É muito simples”, diz.

No último dia 14, Clésio Andrade também foi condenado, em primeira instância, a 5 anos e 7 meses de prisão por lavagem de dinheiro. Sua defesa diz que a condenação é injusta e que irá recorrer.

Outros acusados no mensalão tucano

Condenados em primeira instância, podem recorrer em liberdade

Renato Caporali Cordeiro, ex-diretor de estatal

Eduardo Pereira Guedes Neto, ex-secretário adjunto de Comunicação

Clésio de Andrade, ex-senador de Minas (PSDB)

Julgamento em primeira instância próximo

Marcos Valério, publicitário

Ramon Hollerbach, sócio

Cristiano Paz, sócio

Punibilidade extinta por prescrição

Walfrido dos Mares Guia, ex-vice-governador de Minas

Cláudio Mourão, tesoureiro da campanha de Azeredo

Lauro Wilson, ex-diretor de estatal

Fonte.: FolhaPress

Sobre admin

Veja também

Brasil e Bolívia abrem hoje a Copa América

Antes da partida haverá a cerimônia de abertura do torneio A seleção brasileira, anfitriã da …

Organização diz ter identificado 318 locais onde Coreia do Norte executa pessoas

Uma ONG sul-coreana afirma ter identificado 318 locais usados ​​pelo governo da Coreia do Norte para realizar …

“Brasileiras nos irritaram”, diz Knight após vitória de virada da Austrália

Após a vitória da Austrália sobre o Brasil por 3 a 2, nesta quarta-feira (13), …

Atos pela greve bloqueiam ruas e afetam serviços de transporte pelo País

A greve convocada pelas centrais sindicais em repúdio a atual proposta da reforma da Previdência, afetou …

Tamiko assina convênio que garante repasse para os Jogos Regionais

A prefeita Tamiko Inoue assinou o convênio com o Governo do Estado de São Paulo …

Neymar tem de provar que não cometeu estupro, diz advogado de Najila

“Quem tem que provar que não cometeu o estupro e as agressões é o cidadão …

MARTA SOBRE O VAR APÓS DERROTA PARA AUSTRÁLIA: “QUERO QUEBRAR”

A número 10 e capitã do Brasil se mostrou profundamente irritada com a arbitragem de …

Finais dos campeonatos de base acontecem na próxima quarta em Andradina

O Governo de Andradina através da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude informa que as …

Rua Vasco Mariane na entrada do Gasparelli passa a ser de mão única

O Governo de Andradina, através da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, informa que …

Educação de Andradina realiza o II Seminário de Boas Práticas

A Secretaria de Ensino do Governo de Andradina reiniciou no dia 25 de março a …

POR QUE A TENSÃO ENTRE EUA E IRÃ NO ESTREITO DE ORMUZ PODE FAZER DISPARAR O PREÇO DO PETRÓLEO

A escalada de tensão entre Estados Unidos e Irã na região do Estreito de Ormuz …

UM MORTO EM BATIDA DE HELICÓPTERO NO TOPO DE UM PRÉDIO DE MANHATTAN

Um helicóptero fez uma aterrissagem brusca de emergência nesta segunda-feira no topo de um arranha-céu …

PF vê ataque orquestrado em invasão de hackers a celulares da Lava Jato

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A Polícia Federal suspeita que os ataques de hackers em celulares …

Messi lidera, e Neymar pula para 3º em lista de mais bem pagos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O argentino Lionel Messi, 31, é o atleta mais bem …

Há 25 anos, Brasil conquistava o titulo do Mundial Feminino de Basquete

Na semifinal o Brasil venceu de 110 a 107 contra os Estados Unidos, e a …

BRASIL VENCE IRLANDA E VAI À FINAL DO TORNEIO DE TOULON COM GOLS DE PAULINHO E MATHEUS CUNHA

O estrelado elenco sub-23 da seleção brasileira venceu a Irlanda por 2 a 0 nesta quarta, pela …

Tamiko acompanha revitalização de espaços públicos

A prefeita Tamiko Inoue esteve no Centro Social Urbano (CSU), acompanhando as ações da Secretaria …

Tamiko acompanha passo a passo de obras do PAC2

Andradina 100% pavimentada é um dos sonhos de toda a equipe do Governo Municipal, pois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.