Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Assessora de Magno Malta será ministra de Direitos Humanos

Assessora de Magno Malta será ministra de Direitos Humanos

A advogada, educadora e pastora Damares Alves, assessora do senador Magno Malta(PR-ES), será a chefe do futuro Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O anúncio foi feito pelo futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) na tarde desta quinta-feira (6).

A Funai (Fundação Nacional do Índio), hoje subordinada ao Ministério da Justiça, ficará debaixo do guarda-chuva do novo ministério.

Damares afirmou que a prioridade na pasta será a formulação de políticas públicas que “não têm chegado às mulheres”. Outra área que segundo ela terá atenção especial será a da infância, com um “pacto de verdade”.

Com a indicação de Damares para a Esplanada dos Ministérios, Bolsonaro já definiu 21 dos 22 ministérios de seu governo. Falta apenas definir e anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente.

Vídeo polêmico

Damares Alves, disse, em entrevista concedida em março, que as mulheres nasceram para serem mães. Para ela, no modelo ideal de sociedade, elas ficariam apenas em casa, sustentada pelos homens.

As afirmações foram registradas num vídeo registrado pelo portal de notícias Expresso Brasil no dia 8 de março deste ano, durante a comemoração do Dia Internacional da Mulher, e disponibilizado online poucos dias depois.

Na conversa, Damares foi questionada sobre a possibilidade das mulheres conseguirem conciliar a vida pessoal e a vida pública e descreveu de que maneira gostaria de viver enquanto mulher:

“Me preocupo com a ausência da mulher de casa. Hoje, a mulher tem estado muito fora de casa. Costumo brincar como eu gostaria de estar em casa toda a tarde, numa rede, e meu marido ralando muito, muito, muito para me sustentar e me encher de joias e presentes. Esse seria o padrão ideal da sociedade. Mas não é possível. Temos que ir para o mercado de trabalho”, afirmou.

Apesar disso, Damares disse que é possível mulheres conciliarem as rotinas nas empresas e em casa e defendeu que o papel que mais gosta de exercer é o materno e que as mulheres nascem para ele.

“A mulher nasceu para ser mãe. Também, mas ser mãe é o papel mais especial da mulher. A gente precisa entender que a relação dela com o filho é uma relação muito especial. E a mulher tem que estar presente. A minha preocupação é: dá pra gente ter carreira, brilhar, competir, consertar as bobagens feitas pelos homens. Sem nenhuma guerra, mas a gente conserta algumas. Dá pra gente ser mãe, mulher e ainda seguir o padrão cristão que foi instituído pras nossas vidas”, disse a líder evangélica.

Fonte.: Yahoo Notícias

 

 

Sobre admin

Veja também

Governo de Andradina inicia preparativos para o Dia do Desafio

O Governo de Andradina começou os preparativos para o Dia do Desafio que este ano …

Direitos Humanos do Governo de Andradina leva Cine para os assentamentos

A Secretaria de Direitos Humanos do Governo de Andradina realizará, nesta sexta-feira (17) às 19h, …

STJ manda soltar Temer e coronel Lima e troca prisão por medidas cautelares

Por 4 a 0, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou nesta …

Governo de Andradina realiza capacitação regional do Programa Município Verde Azul

O Governo de Andradina por meio da Secretaria de Meio Ambiente acompanhada do Ciensp (Consórcio …

Tamiko recebe diretora da regional da Drads de Araçatuba

Na manhã desta terça-feira (14), a prefeita Tamiko Inoue recebeu em seu gabinete a diretora  …

Alerta de tsunami na Papua-Nova Guiné após terremoto de 7,7

Centro de Alerta emitiu uma ameaça de tsunami nesta terça-feira (14) Nesta terça-feira (14), um …

Serviços secretos invadem Assembleia Nacional e gabinete de Guaidó

Foram arrombadas as gavetas da presidência e vice-presidência Forças da segurança da Venezuela, incluindo do …

Governo de Andradina capacita profissionais da rede de proteção social da criança e adolescente

A Secretaria de Promoção e Assistência Social do Governo de Andradina em parceria com o …

Anistia pede que Tribunal de Haia investigue crimes contra humanidade na Venezuela

As práticas de repressão contra a população civil executadas pelo governo venezuelano podem constituir crimes …

Radiografia do Sebin, o temido serviço de inteligência de Venezuela

Classificado pelas organizações dos direitos humanos como “instrumento de perseguição política”, o serviço de inteligência …

Em jogo sem TV, Palmeiras vence o Atlético-MG e assume a ponta do Brasileiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Na primeira grande partida sem transmissão de TV do Campeonato …

Itaú planeja fechar até 400 agências no Brasil

Com o objetivo de se adequar à migração das transações bancárias de clientes para canais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *