Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Anistia pede que Tribunal de Haia investigue crimes contra humanidade na Venezuela

Anistia pede que Tribunal de Haia investigue crimes contra humanidade na Venezuela

As práticas de repressão contra a população civil executadas pelo governo venezuelano podem constituir crimes contra a humanidade, alertou a Anistia Internacional nesta terça-feira em um relatório que pede ao Tribunal Penal Internacional que expanda sua investigação sobre o país sul-americano.

Execuções extrajudiciais, mortes por uso excessivo da força, detenções arbitrárias e em massa são algumas das práticas detectadas pela Anistia Internacional em seu relatório “Fome por justiça: crimes contra a humanidade na Venezuela”, apresentado na Cidade do México.

Esses procedimentos “constituiriam crimes contra a humanidade como parte de uma estratégia de ataque sistemático e generalizado contra pessoas consideradas dissidentes”, executados por “agentes do Estado ou terceiros que contam, pelo menos, com a aquiescência ou consentimento” dos funcionários, disse a organização com sede em Londres.

O relatório surge em meio a uma crise política decorrente da luta pelo poder, na qual o presidente Nicolás Maduro e o líder da oposição, Juan Guaidó, estão imersos.

O relatório destaca as manifestações que ocorreram de 21 a 25 de janeiro de 2019.

Somente nesse período, pelo menos 47 pessoas morreram em 12 dos 23 estados do país no contexto dos protestos, “todos de ferimentos à bala”.

E pelo menos 39 dessas pessoas “morreram nas mãos das forças de segurança, ou de terceiros que agiram com seu consentimento”, acrescenta o texto.

Em meio aos protestos da época, acrescentou a AI, “mais de 900 pessoas foram arbitrariamente detidas em todos os estados do país, incluindo crianças e adolescentes”.

Alguns deles “foram torturados antes de sua morte”, acrescenta, observando que “o corpo policial que executou essas execuções foi a Polícia Nacional Bolivariana (PNB), principalmente por meio de sua Força de Ações Especiais (FAES)”.

No relatório, se recomenda ao TPI que estenda o exame preliminar realizado desde 2018, incorporando o pico da repressão em janeiro, a fim de “determinar a responsabilidade criminal internacional das autoridades no mais alto nível”.

Fonte.: AFP

Sobre admin

Veja também

Campanha de vacinação contra a gripe atinge 54,73% do público-alvo em Andradina

Ao todo 6.837 pessoas já tomaram a vacina contra a gripe em Andradina. Esse número …

Tamiko recebe nova supervisora do CIEE

A prefeita Tamiko Inoue recebeu em seu gabinete, na manhã desta sexta-feira (17), a nova …

Sujeira de obra na pista da BR-262 causa acidente com carreta

Pedregulhos na pista da BR-262, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande acabou causando …

Após assumir homossexualidade, Hypolito revela tentativa de suicídio

O ginasta chegou buscar ajuda profissional e foi internado em uma clínica psiquiátrica SÃO PAULO, …

Anderson Silva descarta aposentadoria e fala em revanche contra algoz

“Eu não estou parando, não estou me aposentando”, afirmou o atleta SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) …

Trump diz esperar que EUA não entrem em guerra com Irã

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse nesta quinta-feira (16) esperar que os …

Tite convoca seleção brasileira de futebol para a Copa América

O técnico da seleção brasileira, Tite (Adenor Leonardo Bacchi) divulgou hoje (17), no Rio de …

Papa aceita demissão de bispo de Limeira, suspeito de acobertar abusos de menores

O papa Francisco aceitou a renúncia do bispo brasileiro de Limeira (SP), monsenhor Vilson Dias …

Médico ginecologista e esposa são vítimas de acidente aéreo

Eles estavam na aeronave que caiu no aeroporto Santa Maria Vítimas da queda de uma …

Flamengo vence Corinthians fora de casa e abre vantagem

Time carioca dominou o duelo O técnico Fábio Carille bem que tentou colocar o Corinthians …

Nada de ETs: ‘disco voador’ visto no céu de MS seria apenas treinamento militar

Aparições foram registradas em vídeo e viralizaram nas redes O OVNI (objeto voador não identificado) …

FAB intercepta avião com quase 500 quilos de cocaína

o avião bimotor foi detectado por radares enquanto trafegava sem plano de voo previamente autorizado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *