Andradina avança em dados do Programa Município Verde Azul

Buscando o desenvolvimento sustentável, a prefeita Tamiko Inoue recebeu os relatórios da evolução de Andradina no Programa Município Verde Azul que busca a execução de políticas públicas estratégicas destinadas ao Meio Ambiente, na manhã desta terça-feira (22).

Na reunião houve a participação do Secretário de Meio Ambiente, Claudio Gotardo, do secretário de Administração, Antonio Sérgio Fonseca Filho, do coordenador de projetos Ambientais, Adriano Denúncio, e da engenheira ambiental responsável pelo relatório, Jéssica Afonso.

De 2017 para 2018 Andradina conseguiu uma evolução de 32,1% saltando de 51.85 para 68.48, e subindo de 158 para 91 na colocação estadual. “Isto mostra que estamos no caminho certo em conciliar o desenvolvimento com as riquezas naturais”, comentou Tamiko.

Além de ter a maior nota da região, entre 16 municípios do Ciensp, Andradina se destacou em item como a qualidade do ar, com nota máxima 10. Outros pontos de destaques são o esgoto tratado (8,21), gestão das águas (7,93) e resíduos sólidos (6,30).

Gotardo ressalta as ações que fizeram o município subir no índice, como a Lei de Queimada Urbana, que tornou mais rígido a pena para quem coloca fogo em áreas da cidade, e projetos como o “Plante uma árvore, plante uma vida”, a “Floresta Urbana”, o Ecoponto, a educação e a conscientização ambiental. “É importante mantermos nossa avaliação sempre boa, especialmente porque facilita a conquista de benefícios para o município junto ao Estado”.

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul – PMVA tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Fonte.: Secom Prefeitura de Andradina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.