Página Inicial / Aconteceu/ Ultima hora / Amanda diz que soco de Cyborg não tem força e pede dois anos para conceder revanche

Amanda diz que soco de Cyborg não tem força e pede dois anos para conceder revanche

Passados os primeiro dias do triunfo de Amanda Nunes sobre Cris ‘Cyborg’ no UFC 232, a bicampeã do evento finalmente analisou com calma o feito histórico realizado em Inglewood (EUA). E em conversa com o podcast ‘UFC Unfiltered’, a ‘Leoa’ não economizou na sinceridade.

Depois de sentir na pele o temido poder de fogo de Cyborg, que permaneceu invicta por mais de 13 anos no octógono, Amanda garantiu que os golpes da rival não machucam como esperado. Na verdade, de acordo com a campeã de duas categorias do UFC, o soco ca curitibana não tem poder.

“Ela não me machucou. Na verdade, quando ela me acertou a primeira vez eu vi que ela não tinha poder algum e coloquei minhas mãos para baixo: ‘Vou para cima’. Eu não sei se você viu quando eu coloquei minha cabeça para baixo e ela começou a bater, mas eu estava mais preocupada com os comentários de que ela bate forte do que com ela de fato batendo forte”, narrou Amanda, dono dos cinturões do galos (61 kg) e dos penas (66 kg).

Além desta análise, a baiana aproveitou o momento para provocar Cyborg. Isso porquê, depois de ser criticada publicamente pela rival por ter demorado quase um ano para se preparar para a luta, a atleta da America Top Team afirmou que para conceder uma revanche precisaria do sobro de tempo de treinamento.

“Cyborg não queria lutar comigo porque demorou mais de um ano para me preparar, e agora não acho que ela porque vou pedir por dois anos para estar pronta de novo. Ela disse que eu quis um ano para ficar pronta e que ela não queria esperar tanto. Agora estou pedindo dois anos pela revanche”, provocou, garantindo que sua próxima apresentação será na divisão dos galos.

Sobre admin

Veja também

Após caso Paulo Preto, Lava Jato de SP vai mirar metrô e parentes de Lula

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A página virou para a Lava Jato de São Paulo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *